Buscar
  • projetoarquivivências@gmail.com

Minicontos da Quarentena II



Luís Fernando Amâncio


Consumiu livros, filmes e séries. Viu partidas antigas de futebol na TV. Até o tédio dominar. Era como estar preso em um sonho chato. Sentia falta da vida real.


A salvação foi a varanda. No prédio do outro lado da avenida, o entretenimento transbordava enquadrado pelas janelas. No quinto andar, o casal em crise mal se falava durante as refeições. No segundo, um velho compartilhava sua solidão com o cachorro. A jovem se exercitando nos fins de tarde proporcionava um belo espetáculo no décimo andar. Cada dia desvelava novos personagens.


Assim, a quarentena ganhou graça. Encomendou uma luneta pela internet.


https://luisamancio.wixsite.com/home

7 visualizações1 comentário

Posts recentes

Ver tudo